Diary bride: O convite

Sábado 7h50 e já estava com os pensamentos a mil! Tantas coisas para fazer, para decidir e correr atrás das melhores opções (custo e benefício, sempre!) e me peguei pensado: “Por que não escrevo mais no Diary Bride do DF?”. Pois é amigas, a correria de faculdade, casa nova, preparativos do casamento e todos os muitos detalhes estão tomando tanto meu tempo que nem detox amygo eu preciso mais pra emagrecer! Hahaha.

Enfim, decidi voltar a compartilhar no blog os preparativos do meu casamento. Tentarei atualizar toda semana, mas não prometo muita pontualidade, ok?

Bom, no último post dessa tag escrevi sobre o penteado e hoje vamos falar um pouquinho sobre o convite. Onde comprar, se dá pra fazer em casa, qual o melhor custo/benefício na hora de escolher o “chamariz” da sua festa. Confesso que para decidir o modelo do meu levei um bom tempo, primeiro porque queria algo que tivesse totalmente a “nossa cara” (toda noiva quer isso, rs), que não fosse um absurdo de caro e que atendesse o meu principal requisito: transparecer ao convidados que a festa tem nossa identidade. Pesquisei Brasil a fora, todas as gráficas e designers, li posts com críticas positivas e negativas até que em um lindo dia encontrei o site Wedding Paper Divas que é americano e especializado em papelaria de casamento e cia. Você encontra em vários blogs posts comentando sobre WPD, as opiniões geralmente são positivas e serei mais uma a dar estrelinha dourada para o site! Lá você encontra diversas opções para papelaria, desde o Save the Date até o cartão de agradecimento, também consegue filtrar os modelos que quer ver através da barra à esquerda da tela, onde você encontra as opções clássico, floral, pode filtrar por cor e até pela estação do ano que será seu casamento (esse eu ri, porque aqui no Brasil o povo é bem “whatever” pra estação rsrs). O que tem de melhor no WPD: você mesmo quem edita seu convite! Não é o máximo? Dá pra escolher a fonte e em alguns modelos você consegue até trocar a cor. Para ter tudo em mãos prontinho você pode encomendar e eles entregam no Brasil dentro do envelope, daí é só sair pra fazer o tour convidados que dura sua vida toda, rsrs. Eu escolhi salvar a matriz do convite (layout) e editar pelo Photoshop, porque editando por lá a letra que eu queria estava muito pequena.

Imagem

Como comentei, eles disponibilizam a papelaria do casamento, então tudo ficará em sintonia, com a mesma identidade, é só editar. Também tem uma parte bacana com a papelaria para o Bridal Shower (conhecido no Brasil como Chá de Cozinha, de lingerie ou simplesmente Chá da Noiva), vale muito a pena e ficará super diferente, nada daqueles convitinhos que você comprou de última hora numa papelaria na rua de cima de casa (uó!)

Atualmente com toda tecnologia e opções que temos à disposição acaba sendo besteira gastar uma fortuna em estúdios pra editar e imprimir os convites. Claro que, se você faz parte do grupo de noivas que não curte passar horas no Google e participar de grupinhos que falam só de casamento ou não entende de Photoshop, não tem paciência e muito menos tempo isso nenhuma de nós tem não compensa mesmo se aventurar e acabar com um convite meia boca. O objetivo é conseguir fazer as coisas do seu jeito, deixar sua identidade e deu seu noivo e ainda economizar. Como todas sabem, economia é tudo nessa fase da vida.

Agora outra opção tão boa quanto editar em casa, é comprar tudo na China! Sim amiga, na China ching ling! Depois que comecei a pesquisar coisas para o casamento me tornei melhor amiga dos ching lings do site Aliexpress, compro muita coisa por lá por preços ótimos e chega tudo aqui em casa. Muita gente fica com medo porque não tem certeza se o que comprou chegará e se será como anunciado no site, mas garanto que nada como uma boa pesquisa sobre o produto e encontrar um bom anunciante. Sempre busco anunciantes que tenham pelo menos 97% de feedbacks positivos, comentários a respeito do produto e se brasileiros compraram e receberam. Lá você encontra de tudo, inclusive convites de casamento que são lindos e super bem feitos, se optar por encomendar completo (convite + envelope) pesquise bastante porque os preços mudam. Como já tinha a arte encomendei apenas o envelope, um doilie rendado (no Brasil conhecido como papel rendado) que dá um acabamento lindo e delicado ao convite. Se comprasse aqui pagaria em média R$ 80 por 200 unidades e lá paguei R$ 30 por 250. Vejam algumas das minhas inspirações:

Convite com Doilie 4_thumb[3]

Convite com Doilie 7_thumb[3]

Convite com Doilie 16_thumb[4]

convite-fronha-com-papel-rendado-convite-de-casamento

Ainda não vou mostrar aqui o meu convite finalizado, pois não entreguei nenhum, mas em julho/agosto eu volto e faço um update com todo o passo a passo e as fotinhas que tirei.

Concluindo o pensamento do dia sendo bem clara, objetiva e sincera: consegui economizar quase R$ 600 (sim, vocês leram seiscentos reais mesmo) optando por editar e imprimir o convite sozinha. E vamos combinar, né?! Esse dindim pode ser investido em outras coisas tão importantes quanto o convite, você pode reservar para a lua de mel ou até mesmo comprar as coisinhas da sua casa, aquelas que só você vai conseguir escolher.

Meninas, como voltei a escrever agora no blog preciso da ajuda de vocês pra saber se os posts estão claros, se querem mais detalhes e etc. Estamos no mesmo lindo barco de amor noivinhas, então é importante ajudarmos umas às outras, uhul!

 

Um beijo,

Rebeca.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s